sexta-feira, 19 de novembro de 2010

suplico.

só peço...
por favor,
não apague este fogo.
é o único que me sobrou.
não tenho mais nada
para chamar de meu.
tudo o que tenho
é este belo
e quente fogo.
só ele me aquece,
só ele permanece
ao meu lado.
não apague este fogo.
não tenho mais nada
para chamar de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário